Auxílio doença e aposentadoria por invalidez: tem diferença?

Última atualização: 05/09/2011

Você sabe a diferença entre auxílio doença e aposentadoria por invalidez? Saiba que estes dois benefícios possuem características próprias que precisam ser analisadas por quem deseja solicitá-los.

Auxílio doença
Auxílio doença é um benefício garantido ao assegurado pelo INSS Regime de Previdência Social, que apresenta incapacidade temporária para o exercício da função que lhe garanta a subsistência. Exemplo disso são as pessoas que fazem cirurgia para colocação de próteses de quadril, que precisam ficar afastadas do trabalho para recuperação.

A incapacidade para trabalhar é verificada por meio de perícia médica realizada no INSS, não tendo direito ao benefício, , quem se filiar ao INSS já tendo a doença, salvo quando a incapacidade para o trabalho decorrer do agravamento da doença.
Para ter direito ao benefício, em geral, o trabalhador precisa ter contribuído para o INSS por, pelo menos, 12 meses. Mesmo assim, existem exceções. Exemplo disso é quando o assegurado sofre um acidente de trabalho, ou quando ele ficar incapacitado por conta de uma doença considerada grave pela legislação, entre elas espondiloartrose anquilosante e estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante).
Mais informações sobre auxílio doença? Clique aqui (http://www.reumatoguia.com.br/interna.php?cat=55&id=49&menu=55) e veja nossa página especial sobre o benefício.
Aposentadoria por invalidez
Aposentadoria por invalidez é um benefício garantido ao segurado do Regime de Previdência Social, que apresenta incapacidade permanente para o exercício da função que lhe garanta a subsistência. Algumas doenças reumáticas, devido o seu agravamento, podem levar o paciente a esta condição.

Esse fato, tal como o auxílio doença, é verificado e atestado pelo médico perito, por meio de uma perícia agendada no próprio INSS. O segurado precisa portar todos os documentos necessários para que o benefício seja concedido, especialmente relatórios e exames médicos que comprovem a  incapacidade permanente para o trabalho.

O trabalhador, para usufruir o benefício, também precisa ter contribuído, no mínimo, por 12 meses, mas as mesmas exceções presentes no caso do auxílio doença aplicam-se à aposentadoria por invalidez.

Para conseguir o benefício, o paciente deve dirigir-se, pessoalmente ou por intermédio de um procurador, a uma Agência da Previdência Social, preencher requerimento próprio, apresentar a documentação exigida e agendar a perícia médica. O benefício também pode ser requerido via Internet e pelo telefone pelo telefone gratuito 135, que funciona de segunda a sábado, das 7h as 22h.

Para saber mais sobre o assunto, documentos necessários, etc. Clique aqui.

voltar topo
  • impressão
  • enviar por e-mail
Aviso Legal:

1. As informações contidas neste site tem caráter meramente educativo e não substituem as opiniões, condutas e discussões estabelecidas entre médico e paciente.

2. Todas as decisões relacionadas ao tratamento devem ser tomadas com respaldo do médico responsável pelo acompanhamento clínico do paciente, pois é ele quem mais conhece as particularidades de cada paciente, tendo, portanto, melhores condições de opinar e prescrever a conduta mais adequada.

3. Os patrocinadores não têm nenhuma responsabilidade ou influência sobre o conteúdo do portal.